E essa chuva que não passa?

Bom, viver é adaptar-se. Nunca pensei que essa seria a regra da minha vida. Já perdi a conta a quantas adaptações fui submetida desde dezembro de 2014, quando fechei as portas da minha casa e embarquei para os EUA. De lá, para cá, já morei em 6 (SEIS) casas diferentes. Virei uma expert em embalarContinuar lendo “E essa chuva que não passa?”

Maternidade – um banho exagerado de doçura

Não basta ser filho, não basta ser mãe. Faz parte do jogo da vida contemporânea expor ao máximo nossas intimidades, numa espécie de competição velada: quem teve o dia das mães mais bonito? Quem demonstra mais o seu amor? Quem é a mãe perfeita?