Explorando Northern Virgínia – Parte 1

IMG_1365

Primeiro um pouco de Geografia:

Estou morando em Virginia, um dos mais antigos e relevantes estados dentro da história dos Estados Unidos. Mais especificamente, estou em Northern Virginia, uma pequena porção do estado, que faz divisa com o Distrito de Colúmbia, onde fica a famosa “Capital do Império do século XXI”, ou a cidade das canetas mais poderosas do planeta, também conhecida como Washington D.C.

Por conta dessa proximidade imponente, NoVA, como é chamada essa região, tem uma renda per capita acima da média do país e também uma imensa diversidade cultural. Quase todas as embaixadas e consulados do mundo, além das gigantes e temidas instituições como CIA, FBI e Pentágono estão nos arredores.

A atmosfera política encontra companhia na tecnologia e em NoVA  desenvolveu-se na última década um polo informático conhecido hoje como o Silicon Valley da costa leste americana. Trata-se de Tysons Corner, uma região de empresas especializadas em todo tipo de tecnologia de informação. Tysons é uma espécie de bairro da cidade de Mclean, que foi a minha primeira parada.

E como foi morar em Mclean? Por estar em uma posição geográfica impecável, perto de Washington e abrangendo Tysons, Mclean é um dos subúrbios mais prestigiados e ricos da América. Lá se encontra o conhecido “old money” americano e é residência de grandes nomes da história política do país. Com o “boom” causado por Tysons, Mclean passou a abrigar também os “novos ricos” que acreditem, trabalham muito duro para manter o padrão, no melhor estilo Morumbi de ser. O termo em inglês “peer pressure” que designa a necessidade voraz de se manter as aparências e assim sentir-se aceito por um determinado grupo social é uma boa definição do espírito de Mclean. Vou além, acho que esse termo define um número cada vez maior de pessoas ao redor do mundo hoje, independente de serem mclenianas, paulistanas, californianas, asiáticas ou o que quer que seja….mas isso claro, rende outro post!

Para engrossar o caldo da grana, uma leva de magnatas árabes têm se instalado por lá e são esses os responsáveis por um mercado de casas e carros de luxo que eu nunca sonhei existir.  É comum você se ver parado em um tráfico de Ferraris, Bentleys e Rolls Royce, além de comitivas de Lincolns blindados.

Quem se interessar, a casa abaixo está a venda, por modestos U$29 milhões, é um exemplo das carinhosamente apelidadas Mcmansions! Dá pra se sentir um Gatsby contemporâneo 😉

Screenshot 2015-08-17 21.41.15

Não posso dizer que os mclenianos foram antipáticos ou pouco receptivos, pelo contrário!  Apenas ficou claro, desde o início, que nós não fazíamos parte daquele clube. Simples assim.

Depois de seis meses tivemos que nos mudar, e foi uma oportunidade para tentar uma nova cidade, mas antes de apresentá-la preciso voltar à Geografia. Diferente do Brasil, que é dividido em estados e municípios, os EUA dividem seus estados em condados. Cada condado agrupa um determinado número de municípios e esses seguem as mesmas leis e regras. Tanto Mclean, quanto Fairfax Old Town, que é onde moro agora, fazem parte do mesmo condado, que também se chama Fairfax. Ufa! Complicadinho não?

Como o próprio nome diz, estou na “capital” do condado de Fairfax. Aqui fica a prefeitura, o fórum e mais alguns aparelhos estaduais, além de vários edifícios históricos. A cidade em si, parece um cenário de conto de fadas. Com as calçadas de tijolinhos, casas antigas e muito bem preservadas e uma grande praça, com fontes coloridas que fazem a festa das crianças no verão.

Temos ainda uma bem equipada biblioteca pública e me encanta ver como os moradores  fazem uso constante dela. Só para citar um exemplo, as crianças foram fortemente incentivadas a lerem 15 (isso mesmo! 15! ) livros durante o verão, e devem cadastrar a sua leitura no site da biblioteca. Concluída a tarefa, a criança ganha um caderno de cupons, que dá direito à sorvetes grátis, doces, desconto em brinquedos, passeios, etc. Adorei a ideia!

Essa pequena cidade oferece uma variedade gastronômica impressionante. Thailandês, japonês, vietnamita, cubano, indiano, francês, italiano, grego, são só alguns dos restaurantes vizinhos que eu me lembro agora. Essa, entre outras, é a grande vantagem de morar em um lugar repleto de culturas diferentes. (Depois contarei sobre as aventuras de fazer compras em um gigante supermercado asiático, com corredores indianos, coreanos, chineses e japoneses e seus milhares de produtos, sabores e odores indecifráveis!)

O belo campus da George Mason University é um de meus vizinhos e seus mais de 30 mil estudantes circulam pela cidade. Outro fator que incrementa positivamente esse caldo cultural…

Resumindo, não é fácil se encontrar em um país diferente. Dificilmente você irá se reconhecer em alguma cidade, ou chamar essa de “a sua praia”. Para mim a beleza está nisso, em descobrir “praias” diferentes. Eu e minha família sempre gostamos de nos aventurar nas novidades. Mais ou menos aquela diferença básica entre escolher o conforto de um resort, com cama, comida e música conhecidas ou se aventurar em um carro alugado nas fronteiras da Bósnia! Sempre ficamos com a segunda opção e claro que muitas vezes, já pagamos caro por isso.

A aventura pode facilmente se transformar em roubada, mas apostamos nossas fichas no descobrimento e agora estamos aqui, escarafunchando a Virginia. Aprender, olhar e caminhar por esse mundo é o que me move, e para quem prefere o conforto, venha aqui espiar meu blog e viver comigo essa andança, dá para se aventurar sem se machucar e eu adoro compartilhar!

O verão por aqui foi cheio de novidades e mudanças e apesar de já estar batendo pernas há dois meses, não conheci nem metade do que a cidade tem pra oferecer.  Tenho um mundo de coisas para falar sobre a região e voltarei ao assunto em breve….seguimos! 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: